Frei Bernardo Domingues: 60 anos de sacerdócio e ao serviço das ENS




Figura incontornável da história das ENS em Portugal, Frei Bernardo Domingues acompanha o Movimento desde a sua fundação, sobretudo na Região Porto, onde foi CE de várias equipas de base, de Setor e da Região. Por ocasião dos seus 60 anos de sacerdócio, a Região Porto recorda a sua dedicação à causa do Movimento, através de um texto do respetivo casal responsável, que aqui reproduzimos:

“FREI BERNARDO DOMINGUES

A quem é que não é familiar, nas Equipas de Nossa Senhora, a pessoa do Frei Bernardo? Na Região Porto seguramente que o seu nome diz muito a muita gente. Mas seria injusto e extremamente redutor confinar o seu envolvimento à Região Porto porque ele é sem dúvida uma figura incontornável na história das ENS em Portugal, às quais está ligado desde a sua fundação.

Com 86 anos de idade o Frei Bernardo completou no passado dia 30 de Maio 60 anos do seu magistério sacerdotal. Em Cristo Rei a comunidade dominicana assinalou a efeméride com uma eucarística presidida pelo Bispo D. António Francisco seguida de um jantar de confraternização.

Foi mais um momento marcante na vida de um Homem que tem dedicado toda a sua vida à causa do Evangelho.

Dotado de uma enorme inteligência, sensibilidade e capacidade de trabalho tem feito jus aos talentos com que foi abençoado colocando-os inteiramente ao serviço dos outros com uma generosidade sem limites.

Quem teve ou tem a sorte de com ele se cruzar muito provavelmente não deixa de nele reconhecer um verdadeiro mestre, um pedagogo e um conselheiro espiritual.

Um mestre que nos aponta caminhos que nos fazem chegar mais longe quer humanamente quer espiritualmente.

Um pedagogo que nos ensina valores fundamentais como os da coerência, da verdade, da competência…, a importância do tempo, onde tudo acontece; que nos ensina a confiar e a olhar o futuro sem medo.

Um conselheiro que nos ajuda a libertar e a aproximar de Deus.

Homem verdadeiramente livre coloca toda a sua autenticidade na palavra falada ou escrita. Não comunica com a preocupação de agradar, mas sempre com a intenção de nos interpelar, manter desinstalados, despertos e permanentemente empenhados no projeto inacabado que somos, como indivíduos, como casais ou como famílias. E nunca esquece o humor!

Toda a nossa gratidão é pouca para reconhecer o grande Homem que é e sempre foi o Frei Bernardo em todas as causas em que foi missionário, nomeadamente no Movimento das Equipas de Nossa Senhora.

Terá seguramente o reconhecimento d’Aquele que tanto lhe confiou e a quem pedimos o continue a abençoar.

Bem-haja Frei Bernardo!”

 

Tinuxa e Domingos Duarte

(CR Região Porto)



Descarregar imagens
Publicado em terça-feira, 6 de Junho de 2017
 
SUPRA-REGIÃO PORTUGAL